Pe. Reus, agora oficialmente "Servo de Deus"

Pax et bonum!

É com grande alegria que acabamos de tomar conhecimento do reconhecimento oficial, pela Congregação para as Causas dos Santos, do processo de beatificação do Pe. João Batista Reus, SJ (1868-1947), sacerdote jesuíta alemão que passou grande parte de sua vida em São Leopoldo-RS, onde faleceu com fama de santidade, e que temos como um dos patronos da ARS.
A notícia consta no site do Jornal NH (de Novo Hamburgo-RS), com data de 11/12 e afirma que a informação foi dada oficialmente por D. Zeno Hastenteufel, bispo da Diocese de Novo Hamburgo, na Missa da Solenidade da Imaculada Conceição da Virgem Maria, no último domingo, dia 08.
Ele recebeu uma correspondência do Vaticano com o atestado de que o processo de beatificação do Padre Reus foi confirmado e iniciado. “Foi a primeira vez que Roma validou o processo. O Padre Reus agora é considerado, oficialmente, Servo de Deus”, explicou Dom Zeno.
Segundo o reitor do Santuário Sagrado Coração de Jesus e vice-postulador da causa, padre Guido Lawisch, Reus já era considerado Servo de Deus, mas ainda sem a chancela oficial do Vaticano. “Agora o é com maior razão”, avalia ele.
Dom Zeno recebeu ainda em outubro a correspondência, assinada pelo cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos. O bispo da Diocese de Novo Hamburgo também foi convidado a ir a Roma para tratar do assunto e marcou viagem para o dia 15 de janeiro. “O processo foi validado. Agora temos que saber quais serão os próximos passos.”
Aproveitamos e pedimos ao Servo de Deus Pe. Reus que interceda pela ARS, por nossa cidade, Teresina-PI, bem como por nosso país, pela sadia renovação da Sagrada Liturgia em nossas paróquias e dioceses, com verdadeiro zelo, devoção e amor a Cristo e sua Igreja.
A Novena oficial, difundida pelo Santuário do Sagrado Coração de Jesus, de São Leopoldo-RS, pode ser vista aqui.
Que o processo prossiga, alcançando a glória de Deus, a honra de seu santo servo e o bem das almas.

Por Luís Augusto - membro da ARS

Comentários

Mais acessadas no último mês

Rosário em Latim

Como deve ser o toque da sineta/carrilhão na Consagração?

A Missa Votiva do Preciosíssimo Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo

Tríduo em Honra da Natividade de São João Batista

Sobre a saudação Dominus vobiscum (O Senhor esteja convosco) e sua resposta