segunda-feira, 14 de setembro de 2009

SOLLEMNITAS BEATÆ MARIÆ VIRGINIS PERDOLENTIS


Pax et bonum!

Amanhã, 15 de Setembro, a Arquidiocese de Teresina celebra a Virgem Dolorosa, sua padroeira. Na Igreja Catedral se celebra como Solenidade e nas demais igrejas da Arquidiocese como Festa. No Calendário Romano Geral trata-se de uma Memória obrigatória.

A Festa era celebrada no terceiro domingo de setembro até o Papa São Pio X a transferir para o dia 15, logo após a grande Festa de hoje - a Exaltação da Santa Cruz -, onde ainda permanece.

Uma mensagem de João Paulo II sobre o Papa Pio VII nos fala desta comemoração "que, a 18 de Setembro de 1814, ele quis estender a toda a Igreja, em recordação das dores que afligiram a Igreja na época da Revolução francesa e da dominação napoleônica" (http://www.vatican.va/holy_father/john_paul_ii/speeches/2000/jul-sep/documents/hf_jp-ii_spe_20000907_congregazioni-benedettine_po.html).
Aqui é interessante pensar na Mãe Santíssima e suas dores pelo seu Filho perseguido no seu Corpo místico, que é a Igreja (como o mesmo Senhor disse ao fariseu Saulo - cf. At 9,4-5).
Isto nos recorda os cristãos no Laos, Camboja e Mianmar, pelos quais o Santo Padre quer que rezemos neste mês de setembro, por causa das grandes dificuldades que muitas vezes encontram.

Todos são convidados para a Oração das Vésperas às 18h na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Amparo, na Praça Rio Branco. Após as Vésperas segue a Procissão rumo à Igreja Catedral e, por fim, a Santa Missa solene.

Por Luís Augusto - membro da ARS

Nenhum comentário: