Forma Extraordinária, missa na tarde do sábado e preceito dominical

Salve Maria!

Algumas pessoas não sabem, mas na disciplina da Forma Extraordinária do Rito Romano não se celebra a Missa dominical nas vésperas do sábado. Missas dominicais antecipadas, porém, são bastante comuns nas paróquias brasileiras, onde se usa unicamente ou majoritariamente a Forma Ordinária.

Alguns sacerdotes e pessoas que organizam celebrações da Santa Missa na Forma Extraordinária podem não saber, mas em 2018 a Pontifícia Comissão Ecclesia Dei respondeu (em 14/11/2018) à carta de um sacerdote polonês (de 16/10/2018) em que uma das dúvidas tratava exatamente disto.

A pergunta do sacerdote foi:

É possível na forma extraordinária do rito romano celebrar usando o formulário da Missa Dominical na tarde do sábado?

E a resposta foi:

Celebrações da Santa Missa na forma extraordinária celebradas na tarde do sábado possibilitam o cumprimento da obrigação do Cân. 1248 §1. Todavia, o formulário da Missa a ser usado deve ser aquele permitido num sábado.

Formulário permitido quer dizer a Missa do dia ou, por exemplo, uma Missa votiva permitida de acordo com o Tempo.

Exemplificando:

No próximo sábado, dia 13/03/21, teremos a Santa Missa na Forma Extraordinária do Rito Romano às 17h na Igreja do Amparo, matriz de Teresina-PI. A Missa deverá ser a do Sábado da III Semana da Quaresma, não a do IV Domingo da Quaresma (Laetare). Todavia, participar desta celebração satisfará a obrigação relativa aos cânones 1247 e 1248:

Cân. 1247 — No domingo e nos outros dias festivos de preceito os fiéis têm obrigação de participar na Missa; abstenham-se ainda daqueles trabalhos e negócios que impeçam o culto a prestar a Deus, a alegria própria do dia do Senhor, ou o devido repouso do espírito e do corpo.

Cân. 1248 — § 1. Cumpre o preceito de participar na Missa quem a ela assiste onde quer que se celebre em rito católico, quer no próprio dia festivo quer na tarde do dia antecedente.

Saudações.

Comentários

Mais acessadas no último mês

Rosário em Latim

Como deve ser o toque da sineta/carrilhão na Consagração?

Batina - algumas perguntas e respostas

Sobre a saudação Dominus vobiscum (O Senhor esteja convosco) e sua resposta

O lugar do batistério na igreja