sexta-feira, 27 de março de 2009

Sobre a nossa Associação

Nós, da Associação Redemptionis Sacramentum (ARS), somos um grupo de fiéis de várias paróquias da Arquidiocese de Nossa Senhora das Dores com um “profundo interesse na celebração da Santa Missa segundo a Forma Extraordinária do Rito Romano”.

Nossas motivações são
  • Preservar uma forma litúrgica que retrata o desenvolvimento orgânico da vida espiritual da Igreja ao longo dos séculos, numa tradição bimilenar;
  • Aliar catequese e vida sacramental no seio de uma liturgia que favorece a contemplação nos moldes de sacralidade e sobriedade característicos do Rito Romano;
  • Colaborar com o possível enriquecimento mútuo das duas formas litúrgicas (ordinária e extraordinária).
Dada a recente fundação, ainda não há estatuto, mas em breve este será redigido e aprovado por todos os atuais membros. Existem, porém, certos requisitos para a participação.
  1. Ser fiel cristão iniciado da Arquidiocese de Nossa Senhora das Dores de Teresina-PI.
  2. Crer firmemente e professar todas e cada uma das verdades que estão contidas no Símbolo Niceno-constantinopolitano;
  3. Crer também firmemente em tudo o que está contido na palavra de Deus, escrita ou transmitida pela tradição, e é proposto pela Igreja, de forma solene ou pelo Magistério ordinário e universal, para ser acreditado como divinamente revelado;
  4. Aceitar firmemente e guardar tudo o que, acerca da doutrina da fé e dos costumes, é proposto de modo definitivo pela mesma Igreja;
  5. Aderir ainda, com religioso obséquio da vontade e da inteligência, aos ensinamentos que o Romano Pontífice ou o Colégio Episcopal propõem quando exercem o Magistério autêntico, ainda que não entendam proclamá-los com um ato definitivo.
Dadas as situações atuais, acaba sendo interessante ressaltar que os itens acima obviamente incluem todos os Concílios legítimos da Igreja INCLUSIVE o último Concílio Ecumênico, o Vaticano II, do qual os membros devem possuir uma reta compreensão, segundo a “‘hermenêutica da reforma’, da renovação na continuidade do único sujeito-Igreja (...) que cresce no tempo e se desenvolve, permanecendo porém sempre o mesmo, único sujeito do Povo de Deus a caminho".
Resumidamente, boa parte dos membros se conheceu através do site de relacionamentos Orkut, pela comunidade “Missa de São Pio V em Teresina”, fundada em 21/01/2007 por Luís Augusto Rodrigues Domingues, no intuito de reunir os fiéis da Arquidiocese de Teresina interessados na Forma Extraordinária do Rito Romano. O nome desta comunidade foi alterado para “Missa Gregoriana - Piauí” entre 17 e 19/02/2009, para significar a participação também de fiéis das várias dioceses do Piauí.
O nome da Associação, Redemptionis Sacramentum, é uma expressão latina que significa Sacramento da Redenção. Refere-se ao Sacramento da Eucaristia e é o nome de uma instrução da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, sobre algumas coisas que se devem observar e evitar acerca da Santíssima Eucaristia, datada de 25/03/2004. Este nome recorda “princípios de suma importância expostos naquela salutar Instrução. Tal nome ainda é um testemunho de que nos dispomos a trabalhar para que seja sempre reconhecido que ‘todos os fiéis cristãos gozam do direito de celebrar uma liturgia verdadeira, especialmente a celebração da santa Missa, que seja tal como a Igreja tem querido e estabelecido, como está prescrito nos livros litúrgicos e nas outras leis e normas’”.

Se você guarda estes mesmos interesses, não deixe de ler nossos artigos, comentá-los e manter contato através de nosso email.

Nenhum comentário: