segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Santa Maria, Mãe de Deus & Hino "Veni, Creator" (atrasado)

Et Verbum caro factum est!

Caríssimos, ontem celebrou-se o dia da Oitava de Natal e a Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus.
É interessante percebermos duas grandes solenidades da Virgem Maria, muito unidas entre si, uma celebrada hoje e a outra celebrada há quase um mês, a da Imaculada Conceição.
Uma quase dá início ao Ano Litúrgico, a outra ocorre no primeiro dia do Ano Civil.
De fato, a obra de Deus na primeira tem em vista a obra da segunda. Nossa Senhora é concebida redimida, posto que o é sem a mancha do pecado original. E esta foi a vontade de Deus para que nela se cumprissem tantas profecias, como aquela lida nas Laudes do dia de hoje: 
"Deus deixará seu povo ao abandono, até ao tempo que uma mãe der à luz; e o resto de seus irmãos se voltará para os filhos de Israel. Ele não recuará, apascentará com a força do Senhor e com a majestade do nome do Senhor seu Deus; e ele será a paz" (Mq 5,2-3a.4a).
"Et erit iste pax"...
Que belo! Aquilo que é tão desejado, tão procurado nesta passagem de ano, não é exatamente algo, é alguém. Assim, aquela que é "mãe de Deus" é, por isso mesmo, "mãe da Paz", pois "erit iste pax"
Sendo verdade que o Verbo é consubstancial ao Pai (Símbolo Niceno-Constantinopolitano), sabemos que o Verbo é Deus. Nada mais lógico e justo que reconhecer que a "mãe de meu Senhor" (cf. Lc 1,43) pode ser chamada, sendo-o verdadeiramente, "mãe de Deus" (Mater Dei, Dei Genitrix, Theotokos). Contestá-lo não é outra coisa senão pôr em discussão o fato de Jesus ser "Deus de Deus". "Et erit iste pax"...
Algo mais sobre a Solenidade de hoje pode ser visto na postagem anterior, sobre o Te Deum.

Sobre o "Veni, Creator"
Este belo e famoso hino ao Espírito Santo também é de autoria incerta. As atribuições mais comuns dão como autores certos personagens que vão desde o séc. VI até o séc. IX.
O Manual de Indulgências nos diz que é concedida indulgência plenária ao fiel que devotamente participar da solene recitação ou canto do "Veni, Creator" no primeiro dia do ano, implorando os favores do Senhor para todo o ano que se inicia.
Segue a letra, a partitura e a melodia gregoriana tradicional.

Letra em latim

Veni, Creator Spíritus, 
mentes tuórum visita,
imple supérna grátia,
quæ tu creásti péctora.

Qui díceris Paráclitus,
altíssimi donum Dei,
fons vivus, ignis, cáritas,
et spiritális únctio.

Tu septifórmis múnere, 
dígitus paternæ déxteræ,
tu rite promíssum Patris,
sermóne ditans gúttura.

Accénde lumen sénsibus;
infunde amórem córdibus,
infírma nostri córporis
virtúte firmans pérpeti.

Hostem repéllas lóngius,
pacémque dones prótinus; 
ductóre sic te prævio 
vitemus omne noxium.

Per te sciámus da Patrem, 
noscamus atque Filium;
teque utriúsque Spíritum
credamus omni témpore.

Deo Patri sit glória,
et Fillio, qui a mórtuis
surréxit, ac Paráclito,
in sæculórum sæcula. Amem.

Letra oficial em português

Ó vinde, Espírito Criador,
as nossas almas visitai
e enchei os nossos corações 
com vossos dons celestiais.

Vós sois chamado o Intercessor, 
do Deus excelso o dom sem par, 
a fonte viva, o fogo, o amor,
a unção divina e salutar.

Sois doador dos sete dons,
e sois poder na mão do Pai, 
por ele prometido a nós,
por nós seus feitos proclamais.

A nossa mente iluminai,
os corações enchei de amor, 
nossa fraqueza encorajai,
qual força eterna e protetor.

Nosso inimigo repeli,
e concedei-nos vossa paz;
se pela graça nos guiais,
o mal deixamos para trás.

Ao Pai e ao Filho Salvador
por vós possamos conhecer. 
Que procedeis do seu amor
fazei-nos sempre firmes crer.

Glória seja dada ao Pai,
e ao Filho que da morte ressuscitou,
e ao Espírito Paráclito,
pelos séculos dos séculos. Amém.

Partitura em jpg 1 (primeira estrofe e a letra das demais)
Partitura em jpg 2


Vídeo com partitura


Santo 2012 a todos!
Por Luís Augusto - membro da ARS

Nenhum comentário: