segunda-feira, 25 de maio de 2009

Teologia Orante da Páscoa II


Pax et bonum!
Dando continuidade ao convite a meditarmos os hinos da Liturgia das Horas, seguem os hinos que temos entoado a Cristo, que subiu ao céu, e que entoaremos neste período de ansiosa espera pela vinda do Espírito Santo em Pentecostes.

Ascensão do Senhor

Hino das Vésperas (Iesu, nostra redemptio)

Ó Jesus, redenção nossa, nosso anelo e nosso amor,
novo Rei dos novos tempos e dos seres Criador.

Que clemência vos venceu para os crimes carregar,
e, na cruz sofrendo a morte, doutra morte nos livrar? 

À mansão dos mortos indo, os cativos libertar,
e do Pai à mão direita triunfante vos sentar? 

Esta mesma piedade nos liberte dos pecados,
e ao clarão de vossa face nós seremos saciados. 

Nosso prêmio no futuro, nosso gozo sois também.
Sede sempre nossa glória pelos séculos. Amém.

Hino das Laudes (Optatus votis)

Esperado com ânsia por todos, hoje o dia sagrado brilhou 
em que Cristo, esperança do mundo, Deus e Homem, ao céu se elevou. 

Triunfou sobre o príncipe do mundo, vencedor num combate gigante, 
e apresenta a Deus Pai,no seu rosto, toda a glória da carne triunfante. 

Dos fiéis ele é a esperança, numa nuvem de luz elevado, 
e de novo abre aos homens o céu que seus pais lhes haviam fechado. 

Ó imensa alegria de todos, quando o Filho que a Virgem gerou, 
logo após o flagelo e a cruz, à direita do Pai se assentou. 

Demos graças a tal defensor que nos salva, que vida nos deu, 
e consigo no céu faz sentar-se nosso corpo no trono de Deus. 

Com aqueles que habitam o céu partilhamos tão grande alegria. 
Cristo a eles se deu para sempre, mas conosco estará cada dia. 

Cristo, agora elevado às alturas, nossa mente convosco elevai, 
e, do alto, enviai-nos depressa vosso Espírito, o Espírito do Pai.

Após a Ascensão do Senhor e até Pentecostes inclusive

Hino das Vésperas (Veni, creator Spiritus)

Oh vinde, Espírito Criador, as nossas almas visitai
e enchei os nossos corações com vossos dons celestiais. 

Vós sois chamado o Intercessor, do Deus excelso o dom sem par, 
a fonte viva, o fogo, o amor, a unção divina e salutar.

Sois doador dos sete dons, e sois poder na mão do Pai, 
por ele prometido a nós, por nós seus feitos proclamais. 

A nossa mente iluminai, os corações enchei de amor, 
nossa fraqueza encorajai, qual força eterna e protetor. 

Nosso inimigo repeli, e concedei-nos vossa paz;
se pela graça nos guiais, o mal deixamos para trás.

Ao Pai e ao Filho Salvador por vós possamos conhecer. 
Que procedeis do seu amor fazei-nos sempre firmes crer.

Nenhum comentário: