domingo, 10 de maio de 2009

Faleceu D. Boaventura Kloppenburg

Pax et bonum!
Pedimos desculpas por postar esta notícia com atraso.
Transcrevemos, adaptada, a notícia disponível no site da CNBB e no site da Província Franciscana.

Faleceu às 14h45 da tarde de anteontem, dia 8, o bispo emérito de Novo Hamburgo (RS), dom Boaventura Kloppenburg, 89 anos. Desde o dia 26 de abril ele se encontrava internado no Hospital Regina, das Irmãs de Santa Catarina, em Novo Hamburgo. Segundo o vigário-paroquial, padre Rodrigo Brigolini, dom Boaventura sofria de problemas pulmonares. O bispo diocesano, dom Zeno Hastenteufel, disse que dom Boaventura “foi chamado para a casa do Pai depois de muitos dias de agonia”.


O velório começa anteontem, a partir das 20h, na catedral diocesana São Luiz, em Novo Hamburgo. Uma primeira missa foi celebrada às 10h da manhã de ontem (sábado). Hoje, às 16h, iniciou a missa de corpo presente. Certamente estão presentes bispos, autoridades, o clero diocesano, seminaristas, religiosos, diáconos, ministros e o povo em geral. Logo após, acontecerá o sepultamento na própria catedral.


Dom Boaventura era franciscano da Ordem dos Frades Menores (OFM). Natural de Molbergen, Oldemnbur, Alemanha, ele foi nomeado bispo em 2 de junho de 1982. Sua ordenação episcopal aconteceu em Rolante (RS). E sua renúncia em 22 de novembro de 1995.


Antes do episcopado, dom Boaventura exerceu várias funções relevantes. Ele foi professor de Teologia Dogmática em Petrópolis (RJ) [1951 – 1971], em Porto Alegre [1972], Roma [1973] e Medelín [1974 – 1982]; redator da Revista Eclesiástica Brasileira [1951 – 1972]; reitor do Instituto Teológico-Pastoral do Conselho Episcopal Latino Americano (Celam), em Medelín, Colômbia [1973 – 1982]; prefeito de estudos em Petrópolis (RJ) [1952 – 1960]; perito da Comissão Teológica do Concílio Vaticano II; membro da Pontifícia Comissão Teológica Internacional [1975 – 1990]; perito nas Conferências Gerais do Episcopado Latino-Americano no Rio de Janeiro [1955], em Medelín [1968] e Puebla [1979].


O bispo emérito de Nova Hamburgo foi ainda bispo auxiliar de Salvador (BA) entre os anos de 1952 e 1960 e consultor de várias congregações da Cúria Romana. Escreveu mais de trinta livros.  Seu lema era: “Sob as sombras fielmente”.



REQVIEM AETERNAM DONA EI DOMINE



ET LVX PERPETVA LVCEAT EI



REQVIESCAT IN PACE

Nenhum comentário: