quarta-feira, 8 de maio de 2013

A Páscoa de 2013 no Calendário Juliano

Pax et bonum!

"Cristos aneste" ou "Christos Anesti" = "Cristo ressuscitou", em grego

Aleluia! Cristo ressuscitou! Nós, católicos romanos, seguidores do calendário gregoriano (da reforma do calendário no séc. XVI), rezamos, cantamos e nos felicitamos pelo início do Santo Tempo Pascal há seis semanas. Pois bem, neste último domingo, para nós o VI da Páscoa, ou V após a Oitava da Páscoa, celebrou-se o Domingo de Páscoa de acordo com o calendário juliano. Em certos anos, acontece de coincidirem a Páscoa dos dois calendários e, portanto, de toda a cristandade, como foi em 2010 e 2011 e será em 2014 (isto pode ser verificado neste site).
Os cristãos da Igreja ortodoxa, que mantêm o calendário juliano (já em vigor no tempo do Concílio de Niceia, em 325), neste dia 05 de maio (22 de abril no calendário juliano), celebraram solenemente a Grande e Santa Páscoa, dando início ao tempo do Pentekostarion.
Manifestamos nossos votos desejando que vivam na alegria este tempo sacrossanto que, para nós,católicos,  neste ano de 2013, já se aproxima de sua solene e divinamente inflamada conclusão em Pentecostes. A partir de hoje, véspera da Ascensão, após os quarenta dias de aparição do Senhor ressuscitado, entramos na reta final, que conta também com os dias da Novena de Pentecostes, instituída por Leão XIII, no chamado Tempo da Ascensão.
O Patriarca Kirill, da Igreja Ortodoxa Russa, em sua mensagem, disse:
O Senhor na verdade nos salvou através de Sua Ressurreição. Para entendermos o que passou conosco, com o gênero humano, talvez seja oportuno citar este exemplo: imaginem que alguém assumiu os crimes de todos os delinquentes e, sendo inocente, sofreu uma terrível punição. E mercê dessa punição todos os criminosos recobraram a liberdade. Jesus fez algo semelhante. Mas apenas com uma condição. Ele não abriu de par em par as portas dos cárceres diante de todos nós, os que pecamos ante Deus. Ele só tirou as fechaduras. Quanto ao abrir a porta para sair à liberdade ou seguir permanecendo na prisão, é questão de nossa livre escolha.
Seguem abaixo algumas imagens da Páscoa "juliana" deste ano (em Moscou, Rússia; Istambul, Turquia; Jerusalém):









Fiéis no Santo Sepulcro
Digne-se o bom Deus levar à plenitude a unidade de sua Igreja, para que todos sejam um, sendo um só rebanho, à guia de um só pastor.

Por Luís Augusto - membro da ARS

Nenhum comentário: