A humildade de Deus

Pe. Stefano Maria Manelli, fundador dos Franciscanos da Imaculada
Que o homem todo se espante, que o mundo todo trema, que o céu exulte, 
quando sobre o altar, nas mãos do sacerdote, está Cristo, o Filho de Deus vivo (Jo 11,27)!
Oh! grandeza admirável, oh! condescendência assombrosa, 
oh! humildade sublime, oh! sublimidade humilde, 
que o Senhor de todo o universo, Deus e Filho de Deus, 
se humilhe a ponto de se esconder, para nossa salvação, 
nas aparências de um bocado de pão.
Vede, irmãos, a humildade de Deus e derramai diante dele os vossos corações (Sl 61, 9); 
humilhai-vos também vós para que ele vos exalte (1Pd 5, 6; Tg 4,10).

(São Francisco de Assis, Carta a toda a Ordem, 26-28)

Que hoje o abrasado São Francisco de Assis rogue pela cristandade, a fim de que cada católico redescubra o valor da Santa Missa!

Comentários

Mais acessadas no último mês

Rosário em Latim

Preces públicas a fazer quando uma igreja tiver sido violada (Cerimonial dos Bispos)

Batina - algumas perguntas e respostas

Dúvidas sobre o Rito de Ordenação Presbiteral

Como deve ser o toque da sineta/carrilhão na Consagração?