domingo, 22 de maio de 2011

Revisão dos Congressos Romanos sobre o Motu Proprio Summorum Pontificum

ALLELUIA

Pax et bonum!

Neste V Domingo da Páscoa gostaria de apresentar uma visão geral sobre os três grandes Congressos, sediados em Roma, sobre o Motu Proprio Summorum Pontificum. Ao contrário do que se passa em muitas cidades e dioceses, ao redor de Pedro (claro, existem exceções) se cultiva o correto espírito litúrgico: o amor, a estima e o respeito pelas duas formas do único Rito Romano. A beleza, o êxito e certas presenças nestes três encontros nos mostram o peso do Novo Movimento Litúrgico, que tem encontrado no grande Papa Bento XVI uma rocha, um sustento.
Estes congressos foram organizados pela Associação Giovani e Tradizione (Jovens e Tradição), fundada e animada pelo sacerdote dominicano Pe. Vincenzo M. Nuara, que no ano passado foi chamado para ser colaborador da Pontifícia Comissão Ecclesia Dei. Percebe-se o patrocínio da dita Comissão Pontifícia e uma grande participação (no serviço litúrgico) dos Franciscanos da Imaculada.
Seguem algumas informações sobre os três encontros. Os temas e os nomes dos ministrantes das palestras servem-nos como referência.

I Congresso:
O Motu Proprio Summorum Pontificum de Sua Santidade o Papa Bento XVI: 
uma riqueza espiritual para toda a Igreja, um ano depois

Local:
Instituto Maria Santissima Bambina, Roma

Síntese:
O primeiro congresso ocorreu de 16 a 18 de setembro de 2008, um ano depois da entrada em vigor do motu proprio (14/09/07).
Em sua programação estavam Missas celebradas pelas manhãs em vários altares da Basílica de São Pedro além de várias palestras. 
A conclusão teve uma Missa solene celebrada na Igreja da Santíssima Trinità dei Pellegrini, Paróquia Pessoal erigida para os fiéis que aderem à Forma Extraordinária do Rito Romano, e que está sob os cuidados da FSSP (Fraternidade Sacerdotal São Pedro). O celebrante foi o Mons. Camille Perl, então Vice-presidente da Pontifícia Comissão "Ecclesia Dei".

Foi após este primeiro Encontro que Pe. Vincenzo Nuara fundou o Sodalício Amicizia Sacerdotale Summorum Pontificum (Amizade Sacerdotal "Summorum Pontificum").

Palestras e ministrantes:
--- O Motu Proprio Summorum Pontificum: uma grande riqueza espiritual para toda a Igreja. Um ano depois. - Mons. Camille Perl
--- A Liturgia entre Tradição e Inovação. A Reforma paciente de Bento XVI. - Pe. Nicola Bux
--- Elementos e perspectivas pastorais do Motu Proprio Summorum Pontificum - Pe. Joseph Kramer
--- O Summorum Pontificum como resposta ao processo de secularização da sociedade contemporânea - Prof. Roberto De Mattei
--- A Santa Missa, Sacrifício da Nova Aliança - Pe. Manfred Hauke
--- Elementos mistagógicos do Usus Antiquior do Rito Romano da Santa Missa - Pe. Uwe Michael Lang
--- A Santa Missa: raiz da santidade sacerdotal - Pe. Massimiliano Zangheratti
--- Aprendendo a celebrar com o Missal de São Pio V (prática) - Pe. Joseph Luzuy

**********

II Congresso:
O Motu Proprio Summorum Pontificum de Sua Santidade o Papa Bento XVI: 
um grande dom para toda a Igreja

Local:
Casa Bonus Pastor, Roma

Síntese:
Este segundo congresso ocorreu de 16 a 18 de outubro de 2009, após o êxito do primeiro, com a presença de pessoas de várias partes do mundo.
O primeiro dia serviu como um pré-congresso, apenas para sacerdotes, diáconos, religiosos e seminaristas. Este dia contou com uma conferência espiritual de Dom Athanasius Schneider, autor do livro Dominus est.
Dom Athanasius celebrou a Missa do início dos trabalho do Congresso no segundo dia.
No terceiro e último dia foi a vez do, agora, Cardeal Raymond Burke, que celebrou um Pontifical Solene no Altar do Santíssimo Sacramento na Basílica de São Pedro.

Palestras e ministrantes:
--- A Sacralidade e a Beleza da Liturgia nos Santos Padres - Dom Athanasius Schneider
--- Catolicidade e Romanidade da Igreja no momento presente - Prof. Roberto De Mattei
--- Comunicado A Arte Sacra a serviço da Liturgia Católica - Dom Michael John Zielinski
--- Comunicado A Música Sacra a serviço da Liturgia Católica - Mons. Valentino Miserach Graus
--- O Motu Proprio Summorum Pontificum para o crescimento da vida religiosa - Pe. Stefano Maria Manelli
--- O Motu Proprio Summorum Pontificum e a hermenêutica da continuidade - Mons. Brunero Gherardini

**********

III Congresso:
O Motu Proprio Summorum Pontificum do Sumo Pontífice, Sua Santidade o Papa Bento XVI: 
Uma esperança para toda a Igreja

Local:
Pontifícia Universidade São Tomás de Aquino (Angelicum), Roma

Síntese:
Este último Congresso foi realizado há poucos dias, tendo iniciado providencialmente no dia da publicação da Instrução Universæ Ecclesiæ.
Sua duração foi de 13 a 15 de maio deste ano (2011). Assim como no II Congresso, o primeiro dia foi um pré-congresso, para sacerdotes, diáconos, religiosos e seminaristas. Houve uma conferência espiritual por Dom Cassian Folsom, OSB e celebrou-se as Vésperas Pontificais, oficiadas por D. Athanasius Schneider.
O Pontifical Solene do último dia foi celebrado no Altar da Cátedra, na Basílica de São Pedro, pelo Cardeal Walter Brandmüller, substituindo o Cardeal Antonio Cañizares Llovera. Nesta Missa estavam presentes outros três cardeais: Franc Rodé, Domenico Bartolucci (que regeu os cantores) e William Joseph Levada, presidente da Pontifícia Comissão Ecclesia Dei, bem como outros bispos e prelados da Cúria Romana.
Como se vê abaixo, o Serviço Fotográfico de L'Osservatore Romano ("jornal" da Santa Sé) também fez cobertura da Missa Solene.
Um ponto interessante numa das palestras foi a chamada de Dom Athanasius Schneider para o reestabelecimento das ordens menores e do subdiaconato.

Palestras e ministrantes:
--- A sagrada Liturgia, vida da Igreja - Card. Antonio Cañizares Llovera
--- Espírito da liturgia, liturgia do Espírito - Dom Marc Aillet
--- A Liturgia antiga da Igreja, ponte ecumênica - Card. Kurt Koch
--- As Ordens menores e o santo serviço do Altar - Dom Athanasius Schneider
--- Intervenção O Motu Proprio Summorum Pontificum: balanço e perspectivas - Mons. Guido Pozzo
--- O Sacramento da Sagrada Ordem no Pontificale Romanum (1961-62). Uma reflexão de teologia litúrgica - Pe. Nicola Bux
--- As origens apostólico-patrísticas da "Missa Tridentina" - Ir. Maria Francesa dell'Immacolata
--- O latim, língua litúrgica da Igreja e da CatolicidadeProf. Roberto de Mattei

**********

Quantas pessoas, quanta formação, quanta maturidade! Como está, porém, a situação nas dioceses do Brasil? Como estão os fiéis que têm um profundo desejo de conhecer e participar das celebrações litúrgicas na Forma Extraordinária do Rito Romano? Organizam-se? Procuram formação? 
E quanto a nossos presbíteros e bispos, olham para a Forma Extraordinária com indiferença ou repulsa? Não a enxergam como um tesouro que merece ser amado e respeitado? Não se interessam em conhecê-la, aprendê-la e pô-la em prática, tanto para a própria edificação como para o bem dos fiéis?
Estamos caminhando para o 4º ano de publicação do Motu Proprio Summorum Pontificum e pedimos a Deus Pai, pelos méritos de seu Servo, o Pe. João Baptista Reus, SJ, que um renovado amor pela Sagrada Liturgia aniquile em nossa nação a manipulação do culto divino; que um renovado temor ante o sagrado seja infundido nos corações de pastores e fiéis; que uma profunda consciência de pertença à Igreja faça crescer nos ministros ordenados a humildade e a obediência, para que a ars celebrandi leve os fiéis àquela participação ativa e consciente, tão desejada pelo Concílio Vaticano II.

Por Luís Augusto - membro da ARS

Nenhum comentário: